Últimas Notícias
Capa / Entevista / [Entrevista] Semana da Biologia
[Entrevista] Semana da Biologia

[Entrevista] Semana da Biologia

Por Ana Zandoná em 22/09/2017

Com início dia 18 de Setembro, a Semana da Biologia está ocorrendo na UFSC com o tema Bio(A)Dversidades. A programação encerra hoje, dia 22, com uma Assembléia de Curso, às 17h45, para debater sobre estatuto e modo de organização do Centro Acadêmico de Biologia. O UàE entrevistou as integrantes da comissão organizadora, Amanda Boeing e Lívia de Oliveira Guimarães pra contar um pouco de como foi o processo de estruturação da semana e as atividades realizadas junto ao curso.

UáE – Quem compõe a organização da Semana da Biologia?

Amanda e Lívia – Nós temos o registro de que no período de 2007 à 2009 o CA – Centro Acadêmico, organizou junto com outras instâncias, como PET – Programa de Educação Tutorial, Sireção do CCB e Simbosis (Empresa Júnior). Desde então não temos registro de que o CABio puxou a Semana, mas pode ter contribuído e nós não achamos informações sobre. Neste ano, o CA está contribuindo com alguns espaços, como a assembleia e a Hora Feliz que vai acontecer no sábado.

Neste ano a proposta inicial era de que todas as instâncias do curso participassem através de representantes. Começamos com representantes da Coletiva Feminista Mítia Bonita, PET, GEABio e Simbiosis. Porém, com tempo os repasses e a construção da semana ficou no âmbito individual das representantes. E o representante da Simbiosis deixou de participar. Algo que temos que repensar para a próxima semana.

UáE – O que levou a escolha do tema da semana?

Amanda e Lívia – Em nosso curso aprendemos muito sobre biodiversidade, em diferentes áreas, como ecologia, evolução, educação ambiental. Aí a gente quis fazer um jogo com a palavra adversidade que significa contratempo, obstáculo…Referente ao momento político atual e as contradições que permeiam a Ciência.

UáE – Dentro deste tema, quais discussões têm sido feitas?

Amanda e Lívia – Facilitamos rodas de conversa sobre biodiversidade marinha; diversidade de teorias sobre evolução biológica e de como esse conceito é permeado por visão políticas e de mundo; sobre possibilidades no ensino de Biologia, pensar sobre a função a educação; saberes tradicionais e científicos; sobre relações étnico-raciais e racismo; sobre usinas hidrelétricas e conflitos socioambientais: Um Olhar desde o Movimento de Atingidos por Barragens de SC; terapias alternativas; discutimos os nossos currículos e a mudanças que eles estão passando; sobre educação ambiental e bioética; sobre biologia oculta, a perspectiva de estudantes sobre os enfrentamentos durante o curso; e uma mesa sobre análise de conjuntura, de como a política atual está afetando a universidade e como podemos agir; em seguida o CABio está organizando a assembléia que tem como pauta única o estatuto.

UáE – Qual o apoio (ajuda para financiamento, divulgação, liberação de aulas, sugestões e outros) do curso para a realização do evento?

Amanda e Lívia – O Centro de Ciências Biológicas tem uma verba destinada a semana da biologia, onde a contribuição fica por conta de passagens e hospedagens para pessoas convidadas de fora, tivemos também um apoio financeiro da revista BIOTEMAS que está nos auxiliando na compra de materiais para os minicursos, entre outros gastos que temos. E há também um “fundo” das últimas edições que fica disponível. A Semana da Bio tem um site próprio vinculado ao CCB onde foi postado sobre todos os minicursos e rodas de conversa. Em relação à liberação das aulas, pelo fato de termos atividades em todos os turnos a direção libera as aulas, porém alguns professores relutam e continuam dando aula normalmente.

UáE – Qual a função da semana para vocês?

Amanda e Lívia – Acreditamos que a semana tem como função discutir sobre assuntos que não são tocados dentro de sala de aula, nem pelo currículo.

UáE – Qual o diferencial de outros eventos acadêmicos do curso e da universidade?

Amanda e Lívia – No nosso dia a dia temos pouco tempo para participar de eventos de outros curso e os que nós temos participado tem uma linha bem parecida com a nossa.

UáE – Quais atividades o CABio tem tocado e quais são os próximos planos?

Amanda e Lívia – O CABio têm passado por um momento de autocrítica, fazendo uma avaliação da autogestão e suas ferramentas. Hoje ocorrerá uma assembleia estudantil puxada pelo CABio no Centro de Eventos, que será para discutir o estatuto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*