Últimas Notícias
Capa / Notas Públicas / Mais um caso de estupro em Florianópolis
Mais um caso de estupro em Florianópolis

Mais um caso de estupro em Florianópolis

UàE – 27.10.2015 – Redação

 

Mais uma vez tivemos um caso de estupro em Florianópolis, por volta de 0h30 de domingo (25/10), no bairro Agronômica, em Florianópolis, quando uma trabalhadora voltava para a sua residência. O estuprador foi encontrado na manhã do dia seguinte no Terminal Rodoviário do Centro (TICEN). Foi identificado pela vítima e preso*.

Em 2012, a cada hora, duas mulheres foram atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) apresentando sinais de violência sexual, segundo o Ministério da Saúde.

Estima-se que a cada ano no mínimo 527 mil pessoas são estupradas no Brasil, segundo estudo divulgado pelo IPEA. Desses casos, apenas 10% chegam ao conhecimento da polícia. No mesmo estudo,  dados do Sinan apontam que 89% das vítimas são do sexo feminino e possuem em geral baixa escolaridade, sendo que as crianças e adolescentes representam mais de 70% das vítimas**.

Apesar dos números apresentados, vários ataques aos direitos das mulheres seguem em curso, como a tentativa de se aprovar o PL 5069/13, que dificulta o atendimento médico a mulheres vítimas de abuso e a prevenção à gravidez indesejada inclusive nos casos de estupro.

O UàE se solidariza com a vítima do ataque do dia 25, e entende que a cultura do estupro é uma das expressões mais cruéis e impetuosas da objetificação da mulher e da ideia de que ela é propriedade do homem. O sistema em que vivemos naturaliza, justifica e legitima o homem perante o estupro, colocando a culpa na vítima. A culpa JAMAIS é da vítima. Como já vínhamos dizendo, não podemos nos omitir diante do cenário crescente de violência aos extratos mais oprimidos da classe trabalhadora.


 

*http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2015/10/garota-de-22-anos-e-estuprada-em-mangue-da-avenida-beira-mar-norte.html

**http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=21849

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*