Últimas Notícias
Capa / Notícia / [Notícia] A Denúncia de Janot contra Temer se encontra na Câmara
[Notícia] A Denúncia de Janot contra Temer se encontra na Câmara
Brazil's President Michel Temer smiles during a signing ceremony of the New Decree of Port Regularization, at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil May 10, 2017. REUTERS/Ueslei Marcelino

[Notícia] A Denúncia de Janot contra Temer se encontra na Câmara

Por Luiz Costa da Redação do UàE – 03.07.2017

Após diversas provas – entre elas, o áudio gravado por Joesley no Palácio do Jaburu, a delação de sete executivos da JBS e o vídeo de Loures correndo com a mala de R$ 500 mil – Rodrigo Janot, procurador-geral do República (PGR), denunciou na semana passada (26/07) o golpista Michel Temer e seu ex-assessor Rodrigo da Rocha Loures ao Supremo Tribunal Federal (STF) de de corrupção passiva.

De acordo com Janot, a mala contendo propina de R$ 500 mil era destinada ao Temer e foi intermediada pelo Loures que está preso desde o dia 3 de junho. Nunca antes um presidente da República havia sido acusado formalmente de crime no exercício do cargo. Além da mala mencionada, Temer e Loures aceitaram a promessa de vantagem indevida no valor de R$ 38 milhões.

A Câmara recebeu a acusação na quinta-feira passada (29/06) no entanto, como na sexta-feira só um deputado apareceu na Câmara, não houve quórum (pelo menos 51 deputados dos 513) e não começou a contar o prazo de 10 sessões para Temer apresentar sua defesa. Caso haja quórum hoje, Temer terá apenas mais 9 sessões para apresentar sua defesa.

O relatório final da Polícia Federal, entregue ao STF afirma que Temer atuou para obstruir as investigações. Além da mala de R$ 500 mil e a vantagem prometida de R$ 38 milhões, o procurador-geral denuncia Temer pois a perícia da PF atesta não haver edição nos áudios e porque houve contradições nas explicações de Temer tanto ao explicar o motivo de ter recebido Joesley como ao explicar o motivo para ter viajado em 2011 no jatinho do empresário.

Por conta disso, a PGR pede a condenação do Temer por corrupção passiva, perda da mandato eletivo e indenização aos cofres públicos de ao menos R$ 10 milhões por Temer e R$ 2 milhões por Loures.

No entanto, Temer espera barrar a denúncia criminal na Câmara com o auxílio de deputados que pretendem usar a votação para impor uma derrota ao procurador-geral da República. Os deputados são contrários a Janot pois, entre outras razões, a PGR abriu investigação contra 64 deputados federais desde o início da Lava Jato. Se pelo menos 172 deputados votarem contra a denúncia ou não comparecerem na sessão, Temer se livra da mesma.

Está claro que isso não pode mais continuar. A aprovação de Temer é umas das piores no mundo! O povo está cansado das contrarreformas assim como das manobras da burguesia para manter o Capital. Reflexo disso está nas ações que os trabalhadores e estudantes estão fazendo nas Grandes Greves. Continuemos nos organizando e potencializando nossa luta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*