Últimas Notícias
Capa / Notícia / [Notícia] Reunião na Biblioteca Universitária marca início da mobilização dos trabalhadores contra a implantação do ponto eletrônico
[Notícia] Reunião na Biblioteca Universitária marca início da mobilização dos trabalhadores contra a implantação do ponto eletrônico
Panfleto Sintufsc chamando reunião sobre a implantação do ponto eletrônico na BU

[Notícia] Reunião na Biblioteca Universitária marca início da mobilização dos trabalhadores contra a implantação do ponto eletrônico

Por Leila Regina da redação do UàE em 30/11/2017

Hoje, dia 30 de novembro de 2017, a direção do Sintufsc chamou reunião com os trabalhadores da Biblioteca Universitária para discutir a possível implantação do ponto eletrônico neste setor. A reunião começou às 14h no auditório Elke Hering na BU. Trabalhadores de outros setores, cumprindo o deliberado em última assembleia, também comparecerem na reunião em ato de solidariedade aos colegas da BU e entendendo que a questão do ponto eletrônico atinge toda a comunidade universitária.

A princípio as informações repassadas pelo coordenador geral do Sindicato, Celso Martins, e pelo advogado Guilherme são  de que a BU seria um dos primeiros setores, após o HU, onde o ponto deve ser implantado em cumprimento a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público contra a UFSC.

A referida ação previa que até 31 de dezembro de 2016 o ponto eletrônico devia ser implantado na UFSC, o prazo foi postergado por uma ano devido a justificativa de falta de previsão orçamentária. Dessa forma a política da administração central parece ser a de fazer a implantação gradualmente, usando portarias de flexibilização da jornada de trabalho como moeda de troca para desmobilizar os trabalhadores no combate do ponto.

A direção sindical se absteve a informar os trabalhadores sobre o processo judicial, fica evidente que há possibilidades de mobilização para o combate da implantação do ponto eletrônico mas que vai depender da categoria definir suas estratégias de ação. Não é possível esperar, seja da administração geral ou da direção sindical, uma resolução para esta questão. Os trabalhadores, e toda a comunidade universitária, precisam se mobilizar para barrar este ataque. O ponto eletrônico favorecerá os assédios e perseguições, além de dificultar a mobilização dos trabalhadores para outras lutas necessárias. Barrar sua implantação agora é tarefa premente.

A reunião de hoje foi importante para ouvir os trabalhadores da BU, que expuseram suas angústias em relação a dificuldade de se mobilizar nessa luta. Ficou evidente que o ponto só será barrado com uma estratégia de mobilização conjunta de todos os trabalhadores. Não podemos nos dividir em setores! Para pensar nessa articulação e nos próximo passos é importante uma presença massiva na próxima assembleia do Sintufsc.

A assembleia está prevista para ocorrer na próxima quarta-feira, dia 06 de dezembro, às 14h no hall da Reitoria. O Reitor pro tempore, Ubaldo César Balthazar, foi convidado a estar presente para esclarecimentos em relação a implantação do ponto eletrônico. A categoria precisa mostrar disposição neste momento no combate a esta implantação.

Foto em 30 de novembro de 2017 da Reunião na BU sobre a implantação do Ponto eletrônico

Destaque dos informes dados pelo advogado Guilherme e pelo Coordenador geral do Sintufsc Celso Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*