Últimas Notícias
Capa / Arte / [Poesia] O que esperar?
[Poesia] O que esperar?
O Operário - Candido Portinari

[Poesia] O que esperar?

Clara Fernandez – 13.07.2017

 

Desesperadamente procurando emprego,
Em tempos de devastação severa
para nós trabalhadores, estudantes e lutadores.
Minuciosamente cavocando esperança,
em tempos de desilusões paralisantes
na construção de um novo horizonte.

Não há tempo para a família e as amizades,
os amores não vem e nem vão.
A dívida do banco bate à porta e o prazo do aluguel também.
Você não tem emprego,
mas seu eterno patrão te espera todo décimo dia útil do mês.
Patrão banco, patrão capital financeiro.

Uma geração que corre sem muito fôlego,
para não se ver presa no tempo, nos boletos, nos juros,
nas unhas gananciosas que lhes arrancam qualquer vestígio de direito.
O que resta de público?
Só o endividamento.
A máquina de moer gente segue a todo vapor.
Onde está a força e energia necessária para quebrá-la?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*