Últimas Notícias
Capa / Debates / Sobre os efeitos do endividamento público ilegal sobre os povos
Sobre os efeitos do endividamento público ilegal sobre os povos

Sobre os efeitos do endividamento público ilegal sobre os povos

Dia 21 de novembro se aproxima. O Seminário que discutirá a Dívida Pública será uma oportunidade de reunir reflexões sobre os efeitos do sistema financeiro nas políticas públicas, além de fortalecer as ações do Núcleo Catarinense da Auditoria Cidadã da Dívida. Assim, para sensibilizar os participantes sobre essa importante temática, segue uma poesia, de autoria do Pe. Alfredo J. Gonçalves, publicado no dia 21 de dezembro de 2001, em solidariedade ao povo argentino, devastado pelo colapso econômico.

 

Impérios e Vítimas

 

Assim são os impérios.

Instalam sanguessugas vorazes

No flanco dos países subjugados,

E, gota a gota, dólar a dólar, sugam-lhes

O ouro, o trabalho, a cultura, a vida.

Impõem sobre eles pesados tributos,

Exigindo o cumprimento inflexível

De leis, metas e acordos unilaterais.

Com esses e outros mecanismos,

Arquitetam, por anos e décadas a fio,

Saques históricos e programados.

Depois, não satisfeitos ainda com a extorsão,

Enviam os abutres do FMI e de outros organismos,

Com pastas e roupas pretas, expressão grave e felina,

Para triturar e raspar até o último dos ossos

Toda a carniça que possam encontrar.

Quando a vítima entra em agonia,

Ocupam confortavelmente seus tronos,

Assistindo de cima as turbulências e convulsões

Das turbas famintas, cegas e insubordinadas

Que, aos gritos de revolta, vão tomando ruas e praças.

Do alto de suas torres e mansões,

Ao abrigo de contas bancárias fabulosas,

Contemplam indiferentes e a uma segura distância

O espetáculo da fome e da miséria, do medo e da morte,

Isentando-se de toda responsabilidade sobre o crime.

Com olhares de águia assassina,

Põem-se logo a sobrevoar todo o planeta,

Degustando com apetite insaciável

As riquezas e os juros da próxima vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*